Arquivos da categoria: Videoteca

O último gol de Pelé

Já que eu tomei vergonha e voltei a postar, vou colocar o link pro vídeo do Pelé aqui. Eu fiquei engasgado quando vi isso. Não vi Pelé jogar ao vivo, mas vi muitos vídeos e filmes sobre ele, que viveu uma era menos midiática. Parece que nosso esporte predileto é desmontar mitos e devalorizá-los. Tentamos fazer isso com o Ronaldo o tempo todo, por exemplo. O que esses fora-de-série fizeram está feito, virou história.

Se você não viu, separe cinco minutinhos para esse curta emocionante sobre o Rei. É muito, muito legal.

Anos (e quilos) depois de Baywatch

Você simularia um afogamento para ser resgatado por essa salva-vidas?

nicole-eggert

Hum. Ok. Dois caras tiveram essa idéia com alguns anos de atraso. Deu no que deu.

É uma situação curiosa. Por um lado, Nicole Eggert, a atriz que fazia Baywatch, demonstra um bom humor incrível ao fazer piada com sua forma física atual, vários quilos mais gorda do que quando fazia a série.

Não deixa de ser cruel além da conta. Mas humor é humor. Você se sentiu ofendido(a) com a idéia?

Mágica: truques de câmera

Uma piada recorrente nos meios mágicos é como ficou ridículo o uso de truques de câmera por certos ilusionistas.

Criss Angel é um expert nessa rotina. Enquanto antes o plano sequência sem cortes era valorizado para evitar a saída fácil para o mágico, Angel transformou o excesso de cortes em uma regra. Agora, se um mágico hábil é capaz de praticamente qualquer coisa quando você está olhando pra ele sem parar, imagine o que não se torna possível se ele pode controlar o tempo e os seus olhos.

Não suporto Criss Angel. O entrevistei uma vez dois anos atrás e fiquei decepcionado tanto com as bobagens que ele falou quanto com o truque que ele fez em si: sair de dentro de um cubo de cimento e aço suspenso em uma rua lateral de Times Square, em Nova York. Muitas pessoas acham David Blaine um mágico medíocre que só brilha na TV. Em geral, concordo. Mas ao menos ele teve e visão de transformar em mania o movimento da mágica de proximidade nas ruas (close up e street magic). Angel é só um mala, marombado e cheio de pose. Mala.

Mas Angel é só parte da história. A outra tendência curiosa dos nossos tempos é a dos mágicos do You Tube. Garotos de sandálias ou sem camiseta que fazem truques via webcam. Em geral, acham que estão mandando bem quando na maioria das vezes apresentam rotinas mal ensaiadas. Os mágicos profissionais se irritam com isso, claro. Não estão necessariamente certos. Os mágicos do You Tube são só uma versão mais moderna dos moleques aprendendo mágica e mostrando pros amigos. O que o You Tube trouxe de verdade foi a mania de revelar como este ou aquele truque é feito. Nada de contexto histórico ou análise. Apenas a revelação pela revelação vazia. Pior do que qualquer Mister M.

E, por fim, há uma proliferação incrível de lojas online prometendo truques incríveis. Na maior parte das vezes, o que se recebe pelo correio está aquém do que era esperado. Decepção certa. Este vídeo endereça faz piada com todas essas tendências. Podia ser mais curtinho e ir mais direto ao ponto, mas vale uma olhada.

Vanusa assassina o Hino Nacional

Mas ela não está lendo a letra?

vanusa_hino

(clique na foto para ver, porque desativaram o “embedding”)

Incrível. Lamentável. Extraordinário.

A sensação é que ela emendou uma espécie de improviso quando sentiu que tinha se perdido completamente. Não. Pensando melhor, ela não deve nem saber onde está. Vai entender.

Tem vários momentos sensacionais. Mas eu adoro quando eles agradecem à cantora Vanusa e ela continua cantando no ao fundo.

Esse é aquele link que veio de todos os cantos no Twitter, mas eu vi primeiro no Querido Leitor.