estouvivo

Eu não morri, mas o peso das coisas mudou

Meu blog nasceu em novembro de 2000. Mas só comecei a “alimentá-lo” regularmente em janeiro de 2001. Então, em janeiro desse ano, o blog completou 10 anos. Uma pena que tenha sido deixado às moscas por conta do que está acontecendo na minha vida hoje.

As atualizações começaram a ficar menos e menos frequentes, meu desinteresse por dizer alguma coisa foi aumentando, não sei. É mais fácil e mais rápido tuitar e quando alguma coisa é muito legal eu prefiro postar no RadarPOP.

Mas a gente tem que resistir a esse não-ímpeto, essa vontade de parar. Parar para alguém como eu é o mesmo que se calar. É abrir mão da sua voz. É deixar de registrar sua opinião sobre o mundo. Aquela opinião da qual você pode até ter vergonha em cinco ou dez anos. Eu não paro de ler coisas que escrevi dois anos atrás e dizer: como eu era inocente. Achei que isso ia parar. Mas não. Continuo achando que meu eu de dois anos atrás era só um sonhador inocente e que meu eu de agora é o cara que sabe das coisas.

Para isso serve meu blog: Humilhação pública constante. :)

Conte para os amigos!