Adeus, Archos. Foi bom enquanto durou

Como é que um produto que era tão bom se deixou piorar a ponto de se tornar irritante?

Em 2004, eu comprei um Archos AV420. Vinha com 20 giga, tocava todos os formatos relevantes de vídeo, tinha microfone, era resistente e a bateria podia ser trocada, aumentando a autonomia. Era a máquina perfeita para aquele momento. Eu comprei e usei feliz até ela morrer no meio do ano passado.

Cheguei aqui em Londres e comprei um aparelho novo, o Archos 5. Tela sensível ao toque, wi-fi e outras coisinhas bacanas. Mas comprado o aparelho, começam as comparações.

Antes, os Archos eram superiores aos ipods em quase tudo. O design era meio tosquinho, mas tudo funcionava muito bem. Aí, em vez de copiar o que os iPods têm de bom, o que a Archos fez? Só foi atrás do que eu sempre achei serem as práticas podres da empresa.

Ipods não trocam bateria, não vêm com um carregador decente e te obrigam a gastar dinheiro pra qualquer coisa que vc queira. Agora, a Archos seguiu essas regras à risca. Só que, como não era assim antes, ficou claro que eles estavam se aproveitando das práticas ruins do concorrente pra piorar em vez de melhorar.

Então, depois de comprar o Archos, eu precisei de uma base para poder recarregá-lo. Por sorte, eu fiz uma pesquisa profunda e descobri que eles tinham uma bateria externa que aumentava a autonomia da máquina (que não troca bateria, como eu já disse). Uma gambiarra feiosa, mas útil. Só que estava escondido, claro. Conheço uma pessoa que comprou a base comum, só um pouco mais barata, sem saber que podia ter a especial. Marketing ruim. Mas os franceses são assim mesmo, fazer o quê?

Pra completar, enquanto meu outro aparelho durou anos sem apresentar NENHUM defeito, a entrada do meu headphone começou a dar mau contato com apenas alguns meses de uso. Chegou o momento de contactar o serviço de atendimento e… Entrar em desespero. O atendimento é complicadíssimo e eu sou obrigado a mandar meu aparelho pelo correio pro outro lado do país. Recebo um monte de instruções grosseiras e mal escritas.

Sinceramente? Eu volto ao Brasil em algumas semanas. Não vai dar pra consertar mais e eu só não vou ficar com uma máquina defeituosa porque achei um jeito de resolver o problema com um adaptador. Não foram eles que me ajudaram, fui eu que dei um jeito no problema. Mas foi o suficiente para que eu me prometesse nunca mais comprar um Archos. Foi o último. Agora, só iPod mesmo ou o que surgir de novo e interessante por aí.

Conte para os amigos!

Nenhum Comentário