Entertainer of the Year

Robert Downey Jr. foi eleito pela Entertainment Weekly o entertainer of the year. Muito bom. Mas é engraçado como eu achei que eles iam vir com Tina Fey e nem por um segundo pensei no Bob Downey. Fey, aliás, ficou em segundo lugar. Merecido também. Ela me fez rir muito esse ano. Seja com sua Sarah Palin (que eu insisto em chamar de Sarah Appaling, eeheheh) ou com sua turma de lesados em 30 Rock. Ontem, eu estava andando no metrô e assistindo o episódio da quinta passada no meu Archos quando vem uma cena completamente imbecil: Tracy Jordan, o comediante enlouquecido que Liz Lemon tem que pajear, é pego por um monte de seguranças dentro de uma piscina de bolinhas (!) aos gritos de “você sabe quem eu sou? Sabem quem eu sou?”. Aí ele segue: “por favor, algum me diga quem sou eu!”. Mico no trem. Comecei a rir descontrolado com algo tão bobo. E nem era o tema do episódio.

Mas voltando ao Robert Downey Jr…. Merecido mesmo. Quando ele é o protagonista, você fica hipnotizado. Quando ele é o coadjuvante (como em Trovão Tropical), rouba a cena. Só vamos torcer pra ele conseguir se manter sóbrio e sobreviver a esse momento de renascimento. Porque, sinceramente, ele é beem crazy.

Conte para os amigos!