Para que servem mesmo os críticos?

Aproveitando a pataquada do Ed Motta, que desandou a falar asneiras no Altas Horas da semana passada, Ricardo Alexandre (meu colega de Editora Globo, que assume a Época São Paulo a partir do dia 22 de setembro, quando saio para fazer meu já falado mestrado em Londres) resolveu dar seu pitaco. E, cacimba, matou a pau.

Conte para os amigos!

Nenhum Comentário