Para a conta de quem?

Considerando que a aviação civil é controlada, na infraestrutura, pelo governo federal. Parece que dessa vez não há como negar que essa conta tem que ser cobrada do presidente da república e do ministro da defesa. Esse pessoal devia estar com tudo na ponta da língua depois do acidente da Gol, no ano passado.

Não está.

A culpa é deles. Pode apostar. Sö que é claro que ninguém vai querer pagar essa. Como sempre.

Conte para os amigos!

Nenhum Comentário