Uma semana depois…

Ok. Voltei. A ausência aqui tem como (bom) motivo uma viagem de trabalho à França. Voltei hoje e, depois de 11 horas de vôo e de passar ontem o dia inteiro passeando nas ruas geladas da capital francesa, vim trabalhar. O efeito disso é o meu olho mais parecendo um depósito de areia.

Mas tudo bem. Da viagem eu trouxe minha mais recente aquisição, um gravador digital portátil. A melhor maneira de defini-lo seria dizendo que é um iPod com uma tela de vídeo. Eu posso ouvir música, ver filmes e carregar fotos. É uma caixinha com 20 gigabytes de memória.

O bacana é que eu posso gravar os capítulos da semana da novela e depois assisti-los num taxi, no meio do engarrafamento paulistano, ou escapar do suplício de ver aqueles filmes horrorosos escolhidos pelos motoristas de ônibus da ponte Rio-SP.

O marca da traquitana é Archos, uma empresa francesa. Conheci o brinquedinho quase dois anos atrás em uma edição da Wired e fiquei obcecado por compra-lo. Nesta viagem a Paris, eu finalmente consegui.

Conte para os amigos!

Nenhum Comentário